Entrega em domicílio: 5 dicas essenciais para organizar esse serviço em um minimercado


Um serviço de entrega em domicílio pode ajudar no aumento das vendas em um minimercado. Isso se deve alguns fatores importantes. O principal deles é a fidelização do cliente. Como os consumidores gostam de comodidade, se determinado mercado faz entrega, eles tendem a comprar mais vezes nesse local.

Nesse artigo vamos falar sobre a entrega em domicílio. Se você acabou de montar um minimercado e não sabe como organizar esse tipo de serviço, continue lendo. Preparamos algumas dicas essenciais que mostram como montar um sistema de entrega eficiente.

1. Defina a região que será atendida

Na hora de organizar uma entrega em domicílio, o primeiro passo é definir a região que será atendida. Isso envolve definir os bairros onde seu minimercado irá fazer a entrega das compras.

Fique atento alguns pontos nessa etapa. Escolha uma região que seja próxima do seu estabelecimento. Se for muito longe, pode atrapalhar a logística e atrasar algumas entregas. Também veja os bairros onde se concentram a maior parte de seus clientes; talvez seja melhor começar por essa área geográfica.

2. Monte uma equipe

Um sistema de entrega em domicílio exige uma equipe. Ou seja, você precisará de pessoas para registrar os endereços, organizar as compras em caixas e entregar as mercadorias. Aqui estão alguns profissionais importantes para a realização dessas tarefas:

  • Atendente: será responsável para registrar o endereço dos clientes. Você pode usar um de seus funcionários para fazer isso;
  • Motorista: ele cuidará de toda a logística da entrega;
  • Assistente: é alguém para colocar os produtos na residência do cliente. Pode ser um ou dois profissionais (isso já dependerá do volume de trabalho).

3. Tenha um veículo

Você também precisará de um veículo para realizar a entrega em domicílio. Em outras palavras, seu minimercado precisa ter um veículo à disposição com capacidade o suficiente para efetuar as entregas.

Assim que adquirir o veículo certo, fique atento a alguns cuidados. O principal deles é mantê-lo sempre abastecido, assim você evitará atrasos na entrega por falta de combustível. Outro cuidado é fazer manutenção constante. Qualquer problema mecânico pode atrapalhar a logística de uma rota.

4. Use um sistema de gestão

Um sistema de gestão é um software que ajuda no dia a dia do ponto de venda. Ele ajuda a organizar os pedidos e os trajetos. Além disso, ajuda no cadastro de novos clientes, no registro de endereços e na etiquetagem.

Um sistema de gestão irá oferecer maior agilidade para seu estabelecimento. Você conseguirá encontrar o endereço dos seus clientes de forma prática e rápida. Bastarão alguns cliques. Isso é um fator que agiliza o planejamento das rotas e a realização das entregas durante o dia.

5. Considere os gastos iniciais

Embora um sistema de entrega em domicílio traga maior diferencial e mais vendas para seu minimercado, é preciso você considerar o investimento.  Esse serviço também traz novos custos. Por isso analise se seu negócio está financeiramente preparado.

Para receber mais dicas que possam ajudá-lo nessa etapa de crescimento do seu negócio, além de outras, inscreva-se em nosso blog.
Postamos um conteúdo novo toda semana e avisar nossos leitores por e-mail!

Conteúdo Relacionado


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *